E começa um novo dia em Buenos Aires. Resolvemos visitar o estádio do Boca Juniors e o Caminito. Pegamos nosso mapa, o carro e lá fomos nós. É muito tranquilo andar de carro em Buenos Aires, com nosso mapinha em mãos podíamos ir pra vários locais.

Enfim chegamos perto do Estádio, estacionamos e fomos mostrar para as “crianças” (que tem 18 e 15 anos, rssrsrs). Já havíamos visitado o Estádio antes, mas meu marido não quis perder a oportunidade de visitar novamente, então lá fomos nós. Pra falar bem a verdade, eu não entrei no estádio, fiquei na loja, vendo o movimento e esperando os três voltarem, igualzinho a outra vez que fomos pra lá.

Enfim, eles entraram, visitaram o estádio e o museu “da paixão boquense”, onde há vários troféus, camisas e uniformes do time, fotos que contam a história do clube. Eles tiraram muitas fotos e saíram bem satisfeitos. Segundo me contaram, a visita é muito bacana.

O estádio tem capacidade para 49.000 torcedores e segundo consta, a capacidade não é suficiente para todos os torcedores… bem, como não entendo nada disso, não posso dar uma opinião! Mas algumas reformas estão previstas e, segundo li em uma reportagem, estão pensando na construção de um novo estádio. Acho meio difícil (opinião totalmente pessoal e de quem não entende bulhufas de futebol), porque me parece que a alma do clube está ali (estou filosofando, rsrsrs).

Ah, uma curiosidade, o apelido Bombonera se deu porque o compararam com uma caixa de bombom, pelo seu formato.

Bem, se você gosta de futebol e vai a Buenos Aires, não deixe de conhecer a Bombonera, que é fácil de achar e se localizar, porque as ruas, muitas casas, restaurantes e lojas próximas do estádio são pintadas e decoradas nas cores azul e amarelo.

bombonera1 bombonera2 bombonera3 bombonera4 bombonera5 bombonera6 bombonera7 bombonera8

Saindo do estádio, andamos umas 4 quadras e chegamos ao Caminito. Mas já já conto pra vocês!

 

Deixe uma resposta