Punta del Este – muy preciosa

Chegamos em Punta del Este à noite, o movimento nas ruas era pouco e conseguimos achar o hotel bem rápido. Saímos para jantar e quase congelamos, o vento além de muito forte estava muito gelado. Demos uma voltinha a pé, afinal depois de quase 10 horas sentados precisavamos esticar as pernas. Mas corremos para um restaurante para podermos nos esquentar.

punta1

As mãos ali atrás? Minha dupla dinâmica, enfim tinham sinal de celular e wi-fi… estavam aproveitando. Enfim, um bom conhaque pra esquentar e uma comidinha gostosa, porque salgadinho o dia inteiro ninguém merece.

No dia seguinte acordamos, trocamos de hotel, porque só reservaram uma noite para nós, o que no final foi ótimo, porque o outro hotel era muito melhor. E então fomos caminhar. Gente, essa é uma das praias mais bonitas que conheci. O céu estava lindo, azulzinho, mas o frio, gente… congelante.

Haviam algumas pessoas caminhando, correndo, mas no geral a praia estava vazia, claro né… com aquele frio, só nós mesmo pra irmos lá. Mas queriamos conhecer e adoramos. Vai valer a pena conhecer em uma época quente, quando a cidade inteira está em pleno funcionamento.

Ficamos no centro de Punta que é bem na ponta mesmo…

punta2

Como dizem, uma imagem vale mais que mil palavras, vejam as fotos da praia…

punta3 punta5 punta4

Adorei Punta del Este, embora o movimento fosse pouco, muitas lojas fechadas e a maioria dos restaurantes também. Mas pudemos conhecer tudo e ficamos com gostinho de quero mais. E quero mais no verão…

Deu pra ter uma boa idéia do padrão de vida dos frequentadores, ainda mais se analisarmos pelos condomínios de casas e de apartamentos luxuosos, carros, restaurantes e as lojas, A primeira loja que vi e não acreditei foi a Fendi, depois Louis Vitton e Versace. Tudo fechado claro, porque não há movimento no inverno.

Mas foi muito bom, realmente aproveitamos pra caminhar bastante e conhecer a praia.

Nossa primeira parada foi na marina, que eles chamam de puerto, onde há uma infinidade de lanchas e iates, um maior que o outro e um maior que o outro. Na marina há restaurantes e também um mercado de pescados, pequeno mas com vários quiosques com tudo muito fresquinho.

punta6 punta8 punta7

Depois fomos para a praia Brava, onde fica o famoso Monumento Los Dedos, que é uma escultura do chileno Mario Irrazábal e que representa o “homem surgindo à vida” mas algumas pessoas dizem que representa “a mão do afogado”. Seja lá o que for, é muito bacana visitar o monumento.

punta9 punta11 punta10

Passeamos mais um pouco por lá e resolvemos aproveitar para conhecer a Casa Pueblo, que é uma criação do escultor uruguaio Carlos Páez Vilaró. A casa é um misto de museu, galeria de arte, hotel  e era o atelier do escultor. Ela tem inumeras salas, quartos, janelas e uma vista fantástica.

punta12 punta20 punta19 punta18 punta17 punta16 punta15 punta14 punta13

Ali pertinho está Punta Ballena, que tem uma estrada panorâmica belissíma e onde é impossível não parar.

punta6

Enfim pessoal, Punta del Este é tudo isso e muito mais. É impossível não amar esta cidade praia, que é belissíma. Se puderem, vão conhecer, vocês não irão se arrepender.

E foi depois dessa visita que começamos a nos despedir do Uruguai e de nossas férias, no dia seguinte começamos a nossa viagem de volta pra casa.

Mas ainda conhecemos outros lugares e visitamos lugares já conhecidos, porque afinal a gente ama viajar! Até breve.

 

 

 

 

Deixe uma resposta