Tempo de mudanças

Desde o primeiro dia de 2016 estou com pensamento fixo, quero viajar, roteiro, obaaaaa!!!!

Mas hoje, estava perdida em pensamentos. Estava tentando lembrar quando comecei a gostar de viajar.
A gente não viajava com frequência quando era criança, mas teve uma vez que foi especial. Bem, para mim foi.
Meu pai decidiu tirar férias e viajar. Montou um roteiro pelo Paraná, para que pudéssemos conhecer as maiores cidades e também conhecer o Salto das Sete Quedas, em Guaíra, que foi a maior cachoeira do mundo em termos de volume de água, mas que foi inundada para formar o lago de Itaipu (a usina hidrelétrica). A escolha se deu porque em pouco tempo o salto iria desaparecer, então aquele era o momento certo para ir. E eu adorei, conhecemos Londrina, Maringá, Guaíra, o Salto das Sete Quedas, Foz do Iguaçu, as Cataratas do Iguaçu e Itaipu, cuja obra estava sendo finalizada. Isto foi em 1982.
Definitivamente o desaparecimento do Salto das Sete Quedas foi uma perda para o turismo brasileiro, pois elas eram espetaculares. Para se ter uma ideia, perto da época de fechar o salto, houve um grande aumento na visitação do local, pois muitos turistas brasileiros e estrangeiros queriam conhecer antes que tudo fosse alagado. Houve inclusive um grande acidente, quando uma das pontes que ligavam os saltos se rompeu e muito pessoas morreram, além do grande número de turistas, não estava sendo feita a manutenção adequada do local, pois tudo iria sumir. Triste!!!

tempo1

Fonte: site www.100fronteiras.com – As lembranças das sete quedas

tempo2

Fonte: site www.portalguaira.com – Saudades – quase 31 anos…
Mas, voltando (viajei um pouquinho agora, hehehehe). Acho que foi aí que comecei a me encantar com as viagens.

Vida Nova

Então a vida passou, estudei, namorei e… casei. Lua de mel. Sim, mais uma viagem, agora em uma nova situação, um início para uma nova vida, a de casada. Fomos para Porto Seguro, em 1993. Ainda não havia voos direto para lá. Então, saímos de Curitiba para São Paulo de ônibus, passamos a noite em SP e na manhã seguinte fomos para Porto Seguro. E amei.

Porto Seguro era uma cidade aparentemente pequena, mas muito fofa. Ideal para passear de dia e curtir a noite. Aproveitamos muito.

tempo3 tempo7 tempo6 tempo5 tempo4 tempo8

Vida nova, de novo…

E então, em 1996 resolvemos que estava na hora de começar a aumentar a nossa família e encomendamos a nossa filhota. Mas, sabíamos que a vida ia mudar, novas responsabilidades estavam por vir. Ok. Vamos viajar. Destino? Fortaleza. E lá fomos nós dois com a filhota na barriga.
Passeios com emoção, não nem pensar. Um pouquinho de emoção para encantar. E assim conhecemos Fortaleza, a praia de Iracema, Canoa Quebrada, Cumbuco, Beberibe, Praia do Futuro e tantos outros lugares lindos.

tempo8 tempo10 tempo9
Mais um…

Em 2000 a família aumentou de novo com a chegada do filhão. Mas as coisas andavam meio apertadas por aqui, então grandes viagens nem pensar. Em 2003 as coisas melhoraram e fizemos nossa primeira viagem para Gramado e Canela. Estávamos comemorando 10 anos de casados. Gostamos tanto de lá que voltamos várias vezes.

E assim foi, várias viagens para Gramado e Canela, mudando um pouquinho os roteiros. Veja post relacionado.

Em 2009 fomos a Porto de Galinhas e, mais uma vez me encantei.

Em 2014 fomos para Madri, Paris e Roma, amei, amei, amei, como não amar? Veja post relacionado.

Em 2015 o roteiro foi Cânions em Santa Catarina, Gramado e Canela, Montevidéu, Buenos Aires e Punta del Este, ai ai… e me encantei. Veja post relacionado.

No meio do tempo, nesses 23 anos de casados (faremos em maio), foram muitas viagens. Sempre nos encantando e amando. Sempre com nossos filhos, sempre com muita diversão, temos muitas lembranças e vez por outra ficamos relembrando histórias de nossas viagens, temos muitas.

E então…

E então, tudo mudou. Eles agora não querem mais viajar conosco por tanto tempo, os interesses são outros, precisam de amigos, namorado (a) e internet o tempo todo. Com muito jeito nos falaram que podemos ir sozinhos, que gostariam de ir, mas que também gostariam de ficar. E agora voltamos ao ponto de partida, eu e ele, ele e eu. Estamos animados claro, mas com grandes preocupações.
Montando roteiro para lá e para cá. Claro que o daqui será totalmente alterado e se falar bem a verdade, será imprevisível mesmo. Família a postos para nos salvar!
E então, tentando montar um novo roteiro, onde diversão para as “crianças” não precisará ser incluída, onde faremos o que quisermos… e o que queremos? Na verdade nem sei, mas aos pouquinhos vamos descobrindo o que estamos querendo. Sem pressa.
Esse novo roteiro vai ser bem livre, assim vamos redescobrindo o que queremos e como queremos. Ah sim, vamos descobrindo também o que não queremos mais e riscando do roteiro inicial.
E que assim seja! Mais uma mudança, um novo início. Um brinde a nós, por resistirmos bravamente a tantas mudanças nesses 23 anos de casados e que venham outros tantos e que venham outras viagens. Obrigada por nos acompanharem até aqui. Novas aventuras virão! Grande abraço.

tempo11

Ana e Je

2 comentários em “Tempo de mudanças

    1. Obrigada Adri, fiz com muito carinho e esse então, escrevi lembrando muito de nós. Muitas novidades em breve e o novo post da história de viagem de vocês. Beijocas.

Deixe uma resposta