O que fazer em Bruges – roteiro de 1 dia

Bruges é uma daquelas cidades que você conhece e tem que se beliscar para ver se realmente não está em um sonho. A cidade é um encanto e se você descobrir que não está sonhando, pode achar que está em algum filme de época.

Não, não é exagero. O centro histórico de Bruges (que é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2000) te faz voltar no tempo e ficar imaginando como era a vida na cidade antigamente.

Eu e meu marido adoramos a cidade e, se ainda tivéssemos tempo, gostaríamos de ter ficado um pouco mais para conhecê-la melhor!

Bruges ou Bruxelas?

A cidade não estava em nosso roteiro, íamos ficar 3 dias em Amsterdam (clique para ler este post), mas no final do segundo dia, estávamos decidindo onde iríamos no dia seguinte, vendo os roteiros da Tours & Tickets entre três opções. Mas as fotos de Bruges nos diziam “venham, vocês não vão se arrepender” e assim resolvemos conhecê-la.

Fomos de ônibus de excursão para a cidade, a viagem demorou cerca de 3 horas. Existem outras formas de ir de Amsterdam para Bruges, mas preferimos pegar o passeio já organizado, sabendo que no final do dia estaríamos muito cansados e o ideal seria entrar no ônibus e não nos preocuparmos até chegarmos em Amsterdam.

Bruges

Bruges passou a ser conhecida no início do século XII, quando o comércio de lã e tecidos se tornou forte e fez com que a cidade se desenvolvesse. Ocorre que a rota marítima mercantil era realizada por um canal que, com o passar do tempo, acabou obstruído pelo lodo, fazendo com que a Antuérpia conquistasse a posição.

A cidade então ficou a espera de novas oportunidades, o que aconteceu quando em 1970 o porto foi modernizado e o turismo internacional cresceu, até que em 2002, Bruges recebeu a designação de Capital Européia da Cultura.

O que fazer em Bruges

1. Minnewaterpark

O Minnewaterpark é um parque público que possui uma linda área verde e fica a margem do Minnewater, que é um lago cuja lenda  conta a história de uma menina jovem e bonita, chamada Minna, que estava apaixonada por Stromberg, um guerreiro de uma tribo vizinha. Seu pai não concordou com o amor dela e a arranjou para se casar com um homem de sua escolha. Minna escapou e correu para a floresta. Quando Stromberg finalmente a encontrou, ela morreu em seus braços de exaustão. O lago foi nomeado após Minna e a ponte ao lado do lago foi considerada a ponte do amor, em sua homenagem.

2. Begjinhof

O local (várias casas agrupadas) foi construído para abrigar uma comunidade de mulheres religiosas que viviam uma vida celibatária, mas que não haviam feito os votos, uma espécie de convento. Segundo informações, hoje o local é habitado pelas irmãs beneditinas.  Os turistas podem passear pelo bairro e conhecer uma das casas que está aberta ao público.

3. Burg

Ao chegarmos nesta praça o que vimos foram lindos prédios, muito bem conservados e clarinhos, com detalhes em dourado e cores vivas, o que chamou muito nossa atenção.

4. Grote Mark

A Grote Mark é a praça central da cidade e ao seu redor estão diversas construções típicas. São diversos prédios com o mesmo estilo arquitetônico que nos deixam encantados. Nesse local, o melhor de tudo é passear sem pressa e apreciar cada detalhe.

5. Belfort

O Belfort é o Campanário de Bruges, uma torre com 83 metros de altura e que no topo possui um carrilhão com 47 sinos. No verão são realizados “Concerts de Carrilon” que se realizam na quarta-feira, sábado e domingo, de 15 de junho a 15 de setembro.

É possível subir na torre para observar a cidade, são 366 degraus. Dizem que vale muito a pena subir para apreciar a vista. Nós tínhamos pouco tempo, então resolvemos deixar passar a visita.

O valor do ingresso para subir é de 10 euros para adultos, 8 euros para maiores de 65 anos e 8 euros para crianças e jovens de 6 a 25 anos. Menores de 5 anos não pagam.

 

Galeria de fotos de Bruges

Este slideshow necessita de JavaScript.

O melhor da cidade é caminhar sem pressa e admirar cada pedacinho dela, são muitas descobertas e muitos os locais onde entramos e nos sentimos como se tivéssemos voltado no tempo. Há um passeio de barco pelos canais de Bruges, mas não fizemos, nem sei porque. Mas não me arrependi, a cidade é linda e valeu a pena cada minutinho que passamos nela.

Booking.com

Deixe uma resposta